CARTAZ COM CRIANÇA NAS REDES SOCIAIS CAUSA IRA NAS FEMINISTAS

29/05/2015 07:17

Rio de Janeiro, 29 de Maio de 2015 - Em uma escola particular de ensino infantil e fundamental de um bairro da zona norte da cidade do Rio de Janeiro, e cujo nome não será revelado a pedido dos pais e proprietários, está causando um furor nos movimentos feministas e já se sabe que chegou até a nível internacional. O que era apenas um trabalho de artes em que o tema era sobre o papel do pai e da mãe na infância dos filhos acabou se tornando uma discussão política e social sem precedentes. A professora, cujas iniciais são M.R.S.S, propôs qualquer tema sobre o papel dos pais na turma 2 de ensino infantil que abrange crianças de 9 anos e uma de suas alunas criou um cartaz que ascendeu um pavio que nem sequer podieria se imaginar que pudesse causar tanto assombro.

O nome da menina está sendo preservado mas a imagem dela confeccionando o tema e seu cartaz foi autorizado pelos pais. A professora que coordena a turma fez fotos de todos os alunos com seus respectivos cartazes e ilustrações e postou na página da escola que está em uma rede social e a imagem foi parar inicialmente em Portugal e no resto da Europa. No mesmo dia, aqui no Brasil, já estava causando a ira dos movimentos feministas. A reportagem conversou com os pais e a direção da escola e os mesmos se mostraram espantados com tamanha repercussão e indignados com a reação dos tais movimentos feministas.

"Nossa filha nos trouxe a agenda dela dizendo sobre o trabalho de artes e nos perguntou sobre a função de nós, pais, sobre a infância!", disse o pai da menina. "Ela é muito inteligente e nos perguntou sobre o que era feminismo e tanto eu quanto a mãe dela respondemos prontamente e ela disse que ia fazer o trabalho de artes sobre o que explicamos pra ela sobre feminismo já que o tema era meio que livre!"

A direção da escola não quis se pronunciar mais e aprovou tanto o trabalho da aluna quanto o posicionamento dos pais e da professora. Mesmo assim achou de bom tom retirar a foto da página da escola na rede social mas não tinha como evitar os compartilhamentos. Tanto assim que a foto que ilustra a matéria do Canal 1 foi devidamente autorizada pelos pais da criança. De qualquer modo fica assim registrado a liberdade de expressão e posicionamento.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!