Entrevista de Jô Soares com presidente Dilma teve pautas excluídas do assunto após ranger de dentes.

11/06/2015 14:50

Brasília, 11 de Junho de 2015 - A entrevista que o comediante Jô Soares prepara para o seu programa noturno da Rede Globo, e que será gravado na capital federal em estúdio montado, teve certas pautas que foram imediatamente vetadas pela produção do programa. Em conversas com alguns diretores do setor de telejornalismo da emissôra carioca tal decisão se chocou de frente com os diretores responsáveis pelo programa do Jô.

Certas hierarquias foram afrontadas neste conflito interno da Rede Globo, pois Ali Kamel, responsável pela editoria de jornalismo do Jornal Nacional, quis introduzir certas perguntas e questionamentos à presidente Dilma Rousseff em que o comediante e apresentador Jô Soares deveria repassar durante a gravação do programa. Foi o próprio Jô Soares e alguns de seus diretores que confrontaram a chefia de telejornalismo da Globo dizendo que quem manda no programa ainda é ele.

Não conseguimos conversar com ninguém da produção e direção do programa mesmo porque o contrato deles proíbe entrevistas acerca da própria emissôra para outras mídias como é o caso do CANAL 1, sendo permitido apenas para programas internos da própria emissôra carioca! No entanto alguns sub-diretores de jornalismo que são responsáveis tanto pelo Jornal Nacional quanto pelo Jornal Hoje e que não permitiram que seus nomes fossem publicados, informaram que, após uma tensa reunião em que participou o próprio Jô Soares, decidiram cancelar ou deixaram ser vetados certos questionamentos que teriam sido ordenados pelo próprio Ali Kamel. Nas palavras de um deles:

"Talvez Jô não tenha gostado do tom que o senhor Kamel usou para pautar a entrevista. Mas a elevação de vozes tanto dele(Jô) quanto do nosso editor-chefe tenham sido desnecessárias. Ele precisa entender que o programa dele está em queda e proselitismo político e simpatias pessoais por qualquer figura política não podem ser coadjuvantes. A defesa velada que ele faz pela própria presidente talvez tenha contribuído para esse choque que não pode existir em programas de TV senão vira programa político gratuito. Só isso... com licença!"

Não deixa de ter razão o editor-chefe Ali Kamel mas isenção e imparcialidade de quem trabalha em televisão como os repórteres deviam ser o norte de qualquer um, comediante ou não! A equipe conseguiu o teor ou parte do teor do que queria que fossem perguntados, dentro do estilo do Jô, frente à presidente Dilma Rousseff que é o seguinte:

  • O que a senhora teria a dizer sobre as manifestações que pedem seu afastamento?
  • Nas manifestações foi grande o número de pesssoas que demonstraram desconfiança acerca das urnas eletrônicas e do comportamento suspeito do juiz do TSE Dias Toffoli em fazer apuração à portas fechadas. A senhora, apesar de ter supostamente ganho, aceita de bom grado o cálculo das apurações pela empresa venezuelana Smartmatic?
  • A Venezuela está sofrendo muito com a política de Nicolás Maduro. A senhora, como aliada do governo dele, tem algum questionamento sobre a situação venezuelana?
  • Porquê o presidente do PT, Rui Falcão, ameaçou de cortar as verbas publicitárias para as emissôras que mostrassem as manifestações ocorridas no Brasil e nem sequer mostrasse a Marcha para Brasília? A senhora concorda com o posicionamento dele?
  • O que a senhora acha do ex-presidente Lula concorrer à presidência em 2018 tendo as urnas eletrônicas à frente?
  • A senhora acha válida a proposta de emenda constitucional do deputado federal Jair Bolsonaro sobre o voto impresso?

Esses seriam os 6 pontos centrais que causaram desconforto e faíscas entre as editorias e diretores na Globo. Mas ao que parece Jô Soares vai conduzir seu programa no estilo próprio que lhe é marcante e fazer parecer que está tudo bem e que nada ocorreu talvez até negando qualquer insinuação e provavelmente as perguntas serão em tom supostamente descontraído que não deixe a presidente Dilma, que ele admira e defende, em situação desconfortável. Só não decidiu se será um programa gravado ou se será ao vivo em plena madrugada. O programa do Jô vai ao ar pela Rede Globo nesta sexta-feira dia 12 de Junho. É esperar ou gravar pra ver!

De Brasília para o CANAL 1


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!